Publicado em Castelo de vidro, Posts

05 | FESTINHA – LIVRO 01 (CASTELO DE VIDRO)

Estava tentando dormir mas o som estava alto. Estava tendo uma festa ali e sabia que Jack tinha ido. Me arrependi de não ter aceitado o convite. Nao era tarde pra ir entao me vesti. Coloquei uma calça preta rasgada aos joelhos, botas e meu vestido preto. Fui correndo.
Cheguei lá e passava uma música eletrônica, escutava tudo com clareza então o som estava me machucando. Meu objetivo era ir até o Dj, hipnotiza-lo para desligar o som mas algo me impediu. Observei Jack beijando minha irmã, foi uma cena terrível para mim.

Fiquei com muita raiva, fingi não ter visto nada e fui até o balcão, engoli uma bebida forte. Havia muitas pessoas ali, e eu estava faminta mas tinha que ser discreta. Bebi mais uma dose da bebida.
“Vai com calma princesa”
Disse um garoto pardo parecido com Jack, também tinha os olhos castanhos.

“Me chamo Pedro”
Ele estendeu a mão.

“Vitória ”
Comprimentei.

“Ah você está ai”
Disse uma garota chegando. Era linda branca e tinha os cabelos negros, seus olhos azuis como o céu.

“Anne acalme-se”
Disse Pedro.

“Acalme-se, há um monte de traficantes aqui”

“Isto não é problema para nós sabe disso. ”

“Eles podem pegar suas armas e sair atirando em todo mundo. ”

“Relaxa. Faça como a Vitória, engole esta aqui”
Disse Pedro passando um copo.

“Está bebendo? ”
Perguntou Anne surpresa.

“Vitória vamos sair daqui”
Ele me puxou para a multidão.

Dançamos com os copos em mãos. Bebi e dancei muito. Felizmente Jack me avistou e eu propositalmente beijei Pedro. Abri os olhos e avistei Jack saindo. Agora que tinha conseguido o que queria fui comemorar. Hipnotizei Pedro.

“Agora que você já foi usado pode cair fora. ”
Disse olhando firme em seus olhos. Num instante ele saiu.

Ao lado da casa noturna avistei usuários e traficantes de drogas

Ao lado da casa noturna avistei usuários e traficantes de drogas. Nunca havia esprementado uma, então está era a hora, eu queria comemorar. Cheguei com meu jeito meigo e delicado, matei dois usuários quebrando o pescoço deles. Avistei os traficantes correrem fui atrás ainda mais rápido, joguei eles ao chão e fiz minha festinha. Todas as drogas que eles usaram eu senti no ato de beber o sangue, foi incrível.  O som estava bem alto então fiquei triste por não ouvir os gritos deles.


Continua…

Oi! Preencha minha estrelinha se gostou *
Obrigado pelo apoio

Diga não ao plágio
Lei 9. 610

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s